Pesquisar nesse blog

quarta-feira, 16 de julho de 2014

Bullying? Denuncie.




Bullying é um termo da língua inglesa que significa "valentia" e está relacionada com todas as formas de atitudes agressivas, verbais ou físicas, intencionais e repetitivas, que ocorrem sem motivação evidente. Seja feita por uma ou mais pessoas contra alguém, sempre há o objetivo de intimidar ou agredir outra pessoa quando percebe que não há possibilidade de reação para se defender ou quando o agressor pensa que detém maior força ou poder.

Há dois tipos de bullying: o direto é o mais comum entre os agressores masculinos e o indireto, mais comum entre mulheres e crianças. De qualquer forma as pessoas que praticam bullying sempre objetivam provocar o isolamento social da vítima, seja através de ameaças ou agressões violentas. Embora se fale muito em bullying nas escolas e entre adolescentes, na verdade acontece em diversos contextos onde haja interação de pessoas, como em universidades, nas comunidades entre vizinhos, entre colegas de trabalho e até mesmo dentro da família. 

Geralmente as pessoas pouco estruturadas emocionalmente ou que se sentem carentes de atenção e afeto, tendem agredir os outros como uma forma de expressar a carência que sentem. Elas tem sempre como alvo as pessoas mais tímidas, pouco sociáveis e com baixa capacidade de reação. Geralmente escolhem suas vítimas entre aquelas pessoas que se mostram inseguras e indefesas, o que impede que elas possam pedir ajuda. Isso se torna muito evidente no tratamento cruel que alguns dispensam às pessoas mais idosas.

Nas escolas os educadores tentam minimizar o problema criando modos de interação entre alunos e evitando que se usem apelidos pejorativos. Crianças e adolescentes que sofrem bullying podem se tornar adultos com sentimentos negativos e baixa autoestima, correndo o risco de adquirir sérios problemas de relacionamento no futuro. Em casos graves as pessoas submetidas a bullying podem adquirir comportamento agressivo, tanto contra os outros como contra si mesmo, podendo até levar ao suicídio.

Os atos de bullying que ocorrem dentro do estabelecimento de ensino podem ser enquadrados no Código de Defesa do Consumidor, tendo em vista que as escolas prestam serviços e são responsáveis por todos os atos que ocorram dentro de seus domínios. Em todos os casos, os atos de bullying ferem os princípios constitucionais - respeito à dignidade da pessoa humana - e o Código Civil, que determina que todo ato ilícito que cause dano a outrem gera o dever de indenizar. Está sendo vítima de bullying? Procure seus direitos na lei.

Entende-se por bullying qualquer forma de agressão:
  • Modo verbal: insultar, ofender, xingar, fazer gozações, colocar apelidos pejorativos, fazer piadas ofensivas. 
  • Ataque físico: bater, chutar, espancar, roubar pertences.
  • Psíquico:  irritar, humilhar, ridicularizar, ameaçar, chantagear, perseguir.
  • Sexual: abusar, violentar, assediar.
  • Virtual: ciberbullying, com uso da internet.
  • Também se inclui todas as formas de insinuações, difamações, boatos cruéis, intrigas, fofocas, ironias, desprezo etc.

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails

Quem sou

Nascida em Belo Horizonte, apaixonada pela vida urbana, sou fascinada pelo meu tempo e pelo passado histórico, dois contrastes que exploro para entender o futuro. Tranquila com a vida e insatisfeita com as convenções, procuro conhecer gente e culturas, para trazer de uma viagem, além de fotos e recordações, o que aprendo durante a caminhada. E o que mais engradece um caminhante é saber que ao compartilhar seu conhecimento, possa tornar o mundo melhor.

Seguidores

Minha lista de blogs

Postagens populares