Pesquisar nesse blog

segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Cuidado com a carência



                                      



Todo mundo em algum momento já sentiu aquela sensação estranha, um aperto no peito que sufoca. Isso tem nome: "Carência". Ela chega a qualquer hora, em qualquer lugar e não dá para ignorar. Ela vem e requisita toda a atenção, muitas vezes nos levando a fazer compras desnecessárias, a comer demais, a beber demais, a exagerar nos doces e no chocolate.

Sentir-se carente é algo que acontece com qualquer ser humano. Para alguns pode ser apenas uma fase passageira, para outros pode durar um pouco mais. No entanto existem pessoas que vivem num eterno estado de carência e só se sentem bem se tiverem alguém ao seu lado para lhes dar toda atenção do mundo. Prova disso são aquelas pessoas que não suportam ficar sozinhas e acabam se envolvendo em relacionamentos que se transformam em sofrimento.

Por medo da solidão, elas se submetem a relacionamentos com pessoas insensíveis, egoístas, ciumentas e exploradoras. E mesmo depois de estarem com alguém, elas se dão conta de que continuam carentes e passam a mendigar atenção, amor e afeto. Se elas olhassem a sua vida veriam que nem sempre um casamento ou uma união com alguém será capaz de suprir o que elas precisam.

Para suprir a carência, podemos estreitar a convivência com nossa família, parentes e com as pessoas que moram próximo à nossa casa. Mesmo que tenhamos problema de convivência em casa, bons momentos podem ser curtidos durante um almoço, um jantar, uma reunião familiar etc. Colegas de trabalho, do colégio, da faculdade e do seu bairro são boas companhias para um almoço, uma balada, um passeio, um cinema e tantas outras atividades.

Mais do que os colegas e amigos com quem possa partilhar alegrias e divertimentos, sempre é bom ter boas amizades que possam oferecer um ombro para ouvir suas angústias, porém é preciso aprender a suprir as próprias necessidades sem precisar dos outros. Quando você reconhece que é uma pessoa bacana e que pequenos gestos de sua parte trazem alegria e te fazem feliz, você descobre que não precisa de ninguém para construir a sua felicidade. Isso inclui valorizar os seus talentos, suas qualidades e reconhecer as coisas legais que você sabe fazer.

Parabenize-se por um trabalho ou algo bem feito, dê a si um presente, compre um chocolate, vá num lugar que lhe agrade, aprenda a ir ao cinema ou vá viajar mesmo que não tenha uma companhia. Prepare para si um café da manhã, um bolo, um almoço ou um jantar, mas faça com que seja algo especial para si mesma.

Curta o prazer de deitar em lençóis cheirosos, de assistir um filme comendo a pipoca que você preparou especialmente para essa ocasião. Abra um vinho e brinde a sua felicidade. Tenha em mente que carinho e afeto não está apenas na vida a dois, mas deve estar principalmente na relação de nós com nós mesmos...




Related Posts with Thumbnails

Quem sou

Nascida em Belo Horizonte, apaixonada pela vida urbana, sou fascinada pelo meu tempo e pelo passado histórico, dois contrastes que exploro para entender o futuro. Tranquila com a vida e insatisfeita com as convenções, procuro conhecer gente e culturas, para trazer de uma viagem, além de fotos e recordações, o que aprendo durante a caminhada. E o que mais engradece um caminhante é saber que ao compartilhar seu conhecimento, possa tornar o mundo melhor.

Seguidores

Postagens populares