Pesquisar nesse blog

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

O tempo é o senhor da razão



O tempo é o senhor da razão e administrar o tempo é uma das coisas que nos toma mais tempo. As semanas passam mais rápido e infelizmente os finais de semana também. Os meses correm, os anos voam. No mundo moderno, há uma luta contra o tempo e muitos sentem que estão perdendo a batalha, precisam de um tempo, um minutinho para respirar fundo, descansar para depois recomeçar.

É saudável ter um tempo só para si, para ler um livro, ouvir seus discos, assistir seus filmes favoritos etc. Esse tempo próprio para repensar, concluir, conceituar e às vezes até mesmo definir a relação que se tem com o tempo. "Vamos dar um tempo?" Quem nunca ouviu esta frase certamente já sentiu medo de ouvi-la, principalmente quando se torna inegável que o namoro já está desgastado, quando não se consegue resolver os conflitos.

Muitas vezes o tempo pode nos auxiliar a chegar a um consenso para que possamos conversar, negociar e fortalecer os vínculos. Há quem diga que não acredita nesse "dar um tempo" e há quem o sugira como um tipo de férias necessárias, já que férias significa recuperação de energias. Ninguém gosta de viver em pé de guerra e sempre reclamando aos quatro cantos.

Quando há muitos conflitos entre um casal, ou no emprego ou com amigos, é natural que surja uma dúvida sobre o real interesse que se tem. Se há uma mudança no comportamento seja de um parceiro, de um patrão, de uma empresa, de um amigo, o mais natural é dar um tempo para pensar racionalmente sobre as questões. Quando há um afastamento temporário das situações, podem surgir motivos para que os conflitos sejam resolvidos, novas posturas podem ser adotadas e as mudanças podem reafirmar os laços.

No entanto, diz o ditado: o tempo é senhor da razão. Pode ocorrer que durante esse tempo de afastamento surjam questionamentos mais profundos e a conclusão seja tornar esse tempo definitivo. Muitas são as pessoas que retornam das férias temporárias com a decisão de romper definitivamente relações afetivas, profissionais e amigáveis. Um novo emprego, novos amigos e um novo amor, pois a solidão é um remédio duro, que só deve ser tomado em pequenas pílulas...



Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails

Quem sou

Nascida em Belo Horizonte, apaixonada pela vida urbana, sou fascinada pelo meu tempo e pelo passado histórico, dois contrastes que exploro para entender o futuro. Tranquila com a vida e insatisfeita com as convenções, procuro conhecer gente e culturas, para trazer de uma viagem, além de fotos e recordações, o que aprendo durante a caminhada. E o que mais engradece um caminhante é saber que ao compartilhar seu conhecimento, possa tornar o mundo melhor.

Seguidores

Minha lista de blogs

Postagens populares