Pesquisar nesse blog

sábado, 19 de fevereiro de 2011

Sindrome de Peter Pan



Todos ainda recordam-se da constrangedora estória de Peter Pan, aquele despreocupado menino que se recusava a crescer. Foi Peter quem nos mostrou o encanto da juventude eterna, enfeitiçou e deu fim ao Capitão Gancho. Sua dança e canção quebraram o cruel pirata e o conduziu por uma passagem autodestrutiva do tombadilho do navio para os dentes do vigilante e voraz crocodilo.

Peter Pan simboliza a essência da mocidade, a alegria, o espírito e o vigor inesgotável. Em suas aventuras com a Fada
Sininho e as demais crianças, ele desperta a criança que existe dentro de todos nós; nos atrai e estende a mão de um fiel companheiro de folguedos. Quando permitimos que Peter Pan toque o nosso coração, nossa alma se nutre de juventude. Contudo, quantas pessoas percebem o outro lado da clássica personagem criada por Barrie? O que nos conta nas entrelinhas esse inquietante conto? Já pensou por que Peter Pan queria permanecer jovem? Porque é duro crescer...

Peter evitava a todo custo e fez de tudo para rejeitar todas as coisas do mundo adulto.
Uma leitura cuidadosa do original de Barrie, abre-nos os olhos para uma realidade assustadora, embora se possa desejar acreditar no contrário: Peter era um rapaz triste. Sua vida era cheia de contradições, conflitos e confusões. Seu mundo era hostil e impiedoso. Apesar de toda jovialidade, ele era um menino profundamente perturbado, vivendo numa época perturbadora. Ele resvalou no abismo entre o homem que não desejava tornar-se e o menino que não podia mais ser.

Essa estória dada como leve e divertida, propicia uma alegoria didática dos caprichos de algumas pessoas que,
inconscientemente, seguem o exemplo de Peter Pan. Com muita frequência, a alma de Peter vem conquistando corações de um significativo número de pessoas que estão indo a caminho dos conflitos emocionais e sociais.

Vivemos numa época conturbada, aliás não muito diferente da turbulência que cercava Peter e sua serena Terra do
Nunca. Mas diversamente de nosso travesso heroi, é impossível que adultos queiram permanecer jovens e despreocupados para sempre. Tal qual os contemporâneos de Peter, quem mais sofre são os homens, embora haja também muitas mulheres, que se recusam a crescer, a amadurecer.

Centenas encaminham-se para um estágio de vida que os assusta.
Apavorados, apressam-se a engrossar a fileira dos "meninos" perdidos. Mais cedo ou mais tarde, vários deles superarão seus temores da vida e desertarão da legião, todavia, muitos outros rendem-se ao medo e submetem-se à convicção de estarem perdidos. Essa legião de "meninos perdidos" tem membros de todas as idades; adultos e pais de família, que ainda se comportam como os meninos da Legião de Peter Pan e vivem como se estivessem irresponsavelmente, na Terra do Nunca...

4 comentários:

* Edméia * disse...


*Amei este teu texto aqui, Querida

Amiga Blogueira Lúcia de BH :

Nascida em Belo Horizonte, apaixonada pela vida urbana, sou fascinada pelo meu tempo e pelo passado histórico, dois contrastes que exploro para entender o futuro. Tranquila com a vida e insatisfeita com as convenções, procuro conhecer gente e culturas, para trazer de uma viagem, além de fotos e recordações, o que aprendo durante a caminhada. E o que mais engradece um caminhante é saber que ao compartilhar seu conhecimento, possa tornar o mundo melhor.

* Edméia * disse...


*É ... crescer dá trabalho e às

vezes nos faz sofrer ! Todavia,

vale a pena !!!

*Lúcia, tenho 52 anos de idade

e daqui mais ou menos 02 anos,

irei me aposentar e ... já me

preparo para uma vida mais alegre

e folgada ! Mereço ! Poderei !!!

(*Serei mais MENINA do que adulta

!Entretanto ... já lutei muito

!!!).



* Edméia * disse...


*Lúcia, sigo este teu blog também

!!! (*Eu não sabía que você tinha

muitos blogues !!! Risos.)

*Quando puderes, veja o meu

outro blog :

www.mesadeestudo.blogspot.com

Deixe lá um comentário teu !

Quero sentir a ALEGRIA de saber

que você "passeou " por lá !!! :))

Lucia de Belo Horizonte / MG disse...

Olá Edmeia. Agradeço pela simpatia e pela bondade de seus elogios. Espero que aposente logo para curtir muito mais da vida. Abração pra vc.

Related Posts with Thumbnails

Quem sou

Nascida em Belo Horizonte, apaixonada pela vida urbana, sou fascinada pelo meu tempo e pelo passado histórico, dois contrastes que exploro para entender o futuro. Tranquila com a vida e insatisfeita com as convenções, procuro conhecer gente e culturas, para trazer de uma viagem, além de fotos e recordações, o que aprendo durante a caminhada. E o que mais engradece um caminhante é saber que ao compartilhar seu conhecimento, possa tornar o mundo melhor.

Seguidores

Minha lista de blogs

Postagens populares