Pesquisar nesse blog

sábado, 18 de setembro de 2010

Ser quem somos


video

Como frutos da terra, os minerais, vegetais e os animais não tem fim, sempre se transformam, em cada momento produzem novas descobertas. Os antigos diziam que cada coisa é uma miniatura do universo. O homem é uma dessas miniaturas, e como tal, recebe influências de todas as outras coisas.

Os cristais por exemplo, tem significado ao longo da história, o símbolo de um poder mágico. Magia ou encantamento, o certo é que seduzem. Pode parecer muito estranho essa história de falar em miniaturas do universo. Os cristais: a questão é assim como os cristais que levam milênios para chegar a uma forma, nós, chamados seres humanos, às vezes levamos uma vida inteira para perceber que a transformação é fundamental.

Não é fácil, o dia-a-dia consome a gente de tal forma que deixamos muita coisa passar. Hoje você está num navio rumo ao infinito, essa é a sensação mesmo que fica. Pois imagine que antigamente a única coisa que orientava os navegadores eram as estrelas. O céu era o companheiro, o rumo, hoje é tudo diferente: bússolas, tecnologia moderna. Só uma coisa não mudou; as estrelas ainda podem nos indicar o caminho, o caminho interior.


Hoje a proposta é se redescobrir, reconhecer o caminho das estrelas. O corre-corre, a confusão o dia-a-dia deixa a gente
muito enlouquecido. O mercado é muito competitivo, mas todos que estão aqui conseguiram superar muitos obstáculos. Cada um fez da batalha do dia-a-dia, uma vitória, em casa ou no trabalho. Cada um teve de conquistar seu espaço, nos caminhos onde grandes parceiros se encontraram.

É hora de comemorar nossa parceria. Fazer com que a parceira de todos os nossos dias participe de mais uma vitória. As estrelas nos dão o caminho porque lá no fundo, elas alimentam a nossa esperança, nos dão a certeza de que nada será em vão. Que tal buscar novos sabores? Temos tudo, sabemos muito, mas ainda é muito pouco.

Pare para pensar um pouco: quantos sentimentos você escondeu pelo caminho? Tudo bem, é a vida. Mas pode ter certeza de que tudo isso ficou em algum canto, apertado nesse canto.
Em nosso corpo moram as nossas as nossas dores e as nossas alegrias e a gente acaba não prestando atenção, vamos nos acostumando com tudo e perdendo a capacidade de se admirar com as coisas do mundo. O tempo passa rápido demais, não tem volta.

Aprendemos a ser uma máquina que faz e acontece mas às vezes essa máquina tem uma função muito cruel, nos distrair da tarefa de sermos felizes, de sermos nós mesmos. Nós esquecemos que a mesma máquina que consegue modificar o mundo, inovar, fazer dinheiro, essa máquina tem que se alimentar de felicidade.
Quantas vezes você se deixou ser feliz? Ter medo, rir, chorar de alegria?

É que a vida passa e a gente nem percebe a diferença erm cumprir tarefas ou saboreá-las. Mexa no arquivo de sua memória. Quantas vezes seu filho, seu companheiro de trabalho pediram ap
enas uma palavra amiga, e você nem percebeu. Quantos momentos com seu marido, sua mulher, poderiam ter sido inesquecíveis e foram perdidos só por falta de atenção.

Tanta coisa passando e não volta. O tempo definitivamente não pára.
A gente é que precisa se dar o direito de aproveitar cada momento; embarcar em aventuras interiores, deixar cair a armadura. Vamos procurar saber o que nos faz sentido; se diverte, vai pra cama e faz a festa ou vai pra festa e faz a cama. Quem não sonha? Quem consegue ter certezas? Tenta esquecer o seu racional, use o poder da sua emoção.

A vida corre. É o ritmo dela, mas a gente precisa saber fazer a nossa hora, é o detalhe que faz a diferença.
Ouse, procure descobrir a delicia dos detalhes, vamos no caminho das estrelas, da nossa estrela. O desafio é encontrar a estrela que ficou perdida no meio da nossa estrada. Você terá uma nova rotina, novas sensações, novos carinhos. Podemos tudo.

Imagine que você está permitindo uma revolução interior, uma aventura, assuma um personagem, permita-se. Invada sua razão.
Nós sempre fazemos o mais dificil e acabamos nos confundindo no trivial. Sintonize o equilibrio, ouça a voz que vem do seu coração, estamos num caminho que só cada um de nós pode traçar. É o nosso caminho das estrelas.

O champagne faz o brinde, as estrelas nos convidam a selar uma nova aventura, e o cristal vai para o mar.
Os cristais sempre tomam e devolvem energias. Transporte para o cristal tudo o que não tem sentido na sua vida, aperte forte e jogue ao mar. Hora de zerar; hora de usar a coragem e o despreendimento para se livrar do velho. O cristal é simbolo da renovação, e todos estão prontos para fazer o caminho das estrelas...








Related Posts with Thumbnails

Quem sou

Nascida em Belo Horizonte, apaixonada pela vida urbana, sou fascinada pelo meu tempo e pelo passado histórico, dois contrastes que exploro para entender o futuro. Tranquila com a vida e insatisfeita com as convenções, procuro conhecer gente e culturas, para trazer de uma viagem, além de fotos e recordações, o que aprendo durante a caminhada. E o que mais engradece um caminhante é saber que ao compartilhar seu conhecimento, possa tornar o mundo melhor.

Seguidores

Minha lista de blogs

Postagens populares