Pesquisar nesse blog

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Crenças: Juiz ou vítima - 8ª parte



As mais altas vozes do medo são as do juiz e da vítima. Elas falam em nossas mentes e precisam sempre estarem certas, fazem fofocas dos outros, reclamam do passado e se preocupam com o futuro. Tudo isto são ecos das crenças que carregamos em nós. Ouça-as e não as julgue, apenas tome conhecimento delas pois elas irão revelar algumas crenças que você vem tentando mudar.

A voz do Juiz diz coisas assim: - "Você está errado, eles estão certos. Você devia se envergonhar disto. Você deveria ter feito de outro jeito." O Juiz é o crítico que argumenta com base em regras sobre o que é certo e errado. O Juiz é o perfeccionista, não importa o que você faça ou que alguém faça, nunca está bom, nunca merece um reconhecimento positivo.

O outro lado é a voz da Vítima. Ela recebe a crítica e concorda com as opiniões do Juiz. A vítima diz coisas assim: - "Não é minha culpa. Ninguém me ouve. Não é justo. Tudo eu. Não consigo acertar. Tudo que faço está errado." A vítima reclama, conta histórias tristes sobre si e não vive no agora. Está no passado onde acha que se tivesse feito a coisa certa tudo seria diferente hoje, ou está no futuro, onde acha que tudo será melhor quando tal coisa acontecer.

Muitas pessoas fazem apenas planos: - Quando eu me formar, vou trabalhar e serei feliz... Quando eu tiver um emprego, serei feliz... Quando eu me casar,então minha vida será feliz... Comece a observar, sem julgar, estas vozes em você. Conseguirá descobrir em que idéias e opiniões suas crenças limitantes estão baseadas. Observe as histórias que você conta sobre você. Parecem ser a fala da Vítima ou do Juiz?

Faça um dia de silêncio. Fale somente quando for estritamente essencial e diga apenas o necessário. Ouça muito e fale o mínimo possível. Será que todas as palavras que normalmente fala durante o dia são necessárias? Serão elas um gasto desnecessário de energia? O que aprendeu por escutar mais que dar palpites? Conseguiu perceber-se mais? Ouviu as vozes em sua cabeça querendo a todo custo externar seus palpites?

Quando fofoca, o que diz? Sua posição é a do Juiz ou a da Vítima? Quantas vezes pensa que tudo será melhor quando .... ou Tudo seria melhor se .... Você coleciona fatos e evidências para provar que está certo? Durante o dia, tenha atenção para perceber quantas vezes você precisa estar certo ou estar com a razão.

Hoje conte uma história para você e para os outros sobre alguma coisa de que é muito grato. Coloque sua alma e coração nisto, sinta e pratique a gratidão. No final do dia perceba qual o efeito disto em você. Ouça as vozes do Juiz e da Vítima em você. É verdade o que elas dizem? Tem certeza que é verdade?

9ª parte - clique aqui

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails

Quem sou

Nascida em Belo Horizonte, apaixonada pela vida urbana, sou fascinada pelo meu tempo e pelo passado histórico, dois contrastes que exploro para entender o futuro. Tranquila com a vida e insatisfeita com as convenções, procuro conhecer gente e culturas, para trazer de uma viagem, além de fotos e recordações, o que aprendo durante a caminhada. E o que mais engradece um caminhante é saber que ao compartilhar seu conhecimento, possa tornar o mundo melhor.

Seguidores

Minha lista de blogs

Postagens populares